views 44

Recebi a tua carta amargurada...
Mensageira da tragédia que viveste...
Cada linha,
Pelas lágrimas manchada...
Refletia os dissabores que sofreste...

Recebi,
A tua carta e chorei tanto...
Me odiando,
Pela dor que te causei...
Me odiando,
Pelas horas do teu pranto...
Pelas súplicas,
De amor que te neguei...
Eu te juro,
O desabafo, assim me obriga...
Foram tramas,
Que feriram-me de dor...
Insensatos,
Que acenderam toda intriga num desejo,
De matar o nosso amor...
Tua carta,
Agora aperto junto ao peito,
Onde sofre,
Arrependido um coração,
Implorando,
Não lhe negues o direito,
De feliz viver, ao sol do teu perdão

Submit Translation Add to playlist Size Tab Print Correct