views 23

Por ser tranquilo
Mas cheio de mimos
Traduzindo, eu gosto mesmo é de carinho
Que eu ando a pé, subo ruas, desço apartamentos
E paro num café
Onde a saudade é meu momento

E quando a tristeza bate
Eu gosto mesmo é de dançar
Por trás de toda arte
Há tanta coisa por falar
Tranquila e inexplicável
Incompreensivel solidão
Já não dá pra te aguentar
Acho que nunca
Acho que não

Mas vou seguindo
Um tanto quanto sem rumo
Produzido, as vezes pinto às vezes sumo
Me perdendo entre bocas e coxas tão lindas
Te encontrando
Porém não tão certo ainda

Só não quero abrir a porta
Pra que não me veja entrar
Cada gesto no caminho
Como um vinho pra tomar
Eu tô por fora e não me importo
Com quem não quer mais saber de me entender
E agora até você

É, mas to vivendo...

Submit Translation Add to playlist Size Tab Print Correct