O tempo passa e a gente vê as coisas de um jeito diferente
É impossível que a magia seja a mesma eternamente.
Quero te amar pra sempre ser de novo adolescente
Fazer planos pra nós dois.
Quero morrer de ciúme me sentir apaixonado
Rabiscando guardanapos caprichando nas palavras
Pra te dizer que eu te amor

(Meu grande)
E os momentos vão passando como as cinzas de um cigarro
(Meu grande amor)
E as lembranças ficam presas na moldura de um retrato

O tempo passa e o dia-a-dia vai aos poucos apagando a poesia
E o nosso fogo de paixão de repente se transforma em água fria
Nossas vidas programadas nossas camas separadas
No vazio de nós dois
Vou quebrar essas vidraças acordar a vizinhança
Reviver nosso passado e apostar na esperança
Pra dizer que eu te amo

(Meu grande amor)
E os momentos vão passando como as cinzas de um cigarro
(Meu grande amor)
E as lembranças ficam presas na moldura de um retrato

(Meu grande amor)
E os momentos vão passando como as cinzas de um cigarro
(Meu grande amor)
E as lembranças ficam presas na moldura de um retrato
(Meu grande amor)
Eo tempo vai passando como as cinzas de um cigarro
(Meu grande amor)
E as lembranças ficam presas na moldura de um retrato
(Meu grande amor)
E o tempo vai passando como as cinzas de um cigarro)...

Send Translation Add to playlist Size Tab Print Correct
Written by: Aloysio Reis / Byafra / Nilo Pinta. Isn't this right? Let us know.