views 20

E foram tantos por sua vez
Que a história nunca mais desfez
Tanta sangria, tanta solidão
Marcando o samba, a magia

Da opinião e do talvez
Do abandono e da intenção
Quem foi que fez o samba do perdão?
Quem fez o samba da alegria?

Traz a cachaça, o que é que tem?
Que o samba agora vai além
Nessa correnteza
A vida sempre dá ao samba
A sua inspiração
Pois nem só de sonho cego
Sobrevive o samba
Dessa geração

Aos que morreram de paixões
E enterneceram corações
Aos que viveram fortes emoções
Ao nosso modo, aqui o samba

Aos que cobriram de razões
Os bons, os sãos de opiniões
Vire uma cachaça nessa mesa
Um brinde ao samba!
Aos bambas dos cordões!
E além da cachaça, vire a mesa
Acaso alguém vier com objeções

Submit Translation Add to playlist Size Tab Print Correct
Written by: Hudson Brasil / Murilo Albernaz / Toninho Camargos. Isn't this right? Let us know.