views 18

Caspa Andante

Julinho


DESDE CRIANÇA MINHA CABEÇA COÇAVA
E EU TENTAVA DISFARÇAR DIZENDO QUE ERA CASPA

MAS EU NUNCA VÍ CASPA QUE ANDA

E NA ESCOLA ERA AQUELE SUFOCO, ERA SEMPRE
UM DEUS NOS ACUDA, EU FICAVA TORCENDO
PRÁ TIA NÃO OLHAR, A MINHA CABEÇA
POIS SABIA QUE ELA ÍA ENCONTRAR
UM PIOLHO QUE HÁ MUITO TEMPO VINHA ME INCOMODAR

***COÇA, COÇA, PATINA NA MINHA CABEÇA, COÇA, COÇA
VAI DIZER QUE VOCÊ NUNCA TEVE UM PIOLHO

A TIA OLHAVA, E NÃO DIZIA NADA
E EU PENSAVA, SAÍ DO SUFOCO
MAS ELA CHAGAVA LÁ NA PORTA DA CLASSE
E GRITAVA: DÁ UM REMÉDIO PRÁ AQUELE GAROTO
E EU FICAVA ALÍ NUM CANTINHO ASSIM
E NINGUÉM QUERIA MAIS SENTAR PERTO DE MIM***

Submit Translation Add to playlist Size Tab Print Correct