Por el resto

Los Enanitos Verdes

views 75

Nunca necessitaste de ninguém para viver
Nem se quer reparaste o que havia ao teu redor
Desesperado olhavas as paredes do teu quarto
E gritaste muito forte, mas ninguém te conheceu

E agora terás que seguir
Carregando tua cruz
Pelo resto de teus dias
Pelo resto de teus dias

Acreditavas que a balança sempre estava a teu favor
E o melhor de tudo era que só tu acreditavas
Só se deste algo, algo poderás receber
E o amor que espera só depende de ti

E agora terás que seguir
Carregando tua cruz
Pelo resto de teus dias
Pelo resto de teus dias

Pelo resto de teus dias
Pelo resto de teus dias.