Ó meu pai do céu
Venha me curar
Dessa bebedeira venha me livrar
Ressaca por favor
Não quero nunca
Por isso meu amigo deixe-me em paz

Com minha mulher
Já quebrei o pau
Por causa do vexame que dei no Carnaval
Agora meu amor
Esqueça o Sonrisal
Não tomo mais Engov chega de passar mal

Nunca mais nunca mais
Eu vou beber
Nunca mais nunca mais
Você vai ver

Não quero mais wishkey
Não bebo mais Pitú
Só tomo água de côco e caldo de sururu
Ressaca não existe
Glicose nunca mais
Agora durmo cedo e acordo em paz

Nunca mais nunca mais
Eu vou beber
Nunca mais nunca mais
Você vai ver

"Alô, Zé? Vamo pra Barra tomar uma no Pimentinha?
Não, parei de beber...
Colé Zé, vamo embora, vamo embora!
Ah é? Falou!"

Já que você insinte
Vou te acompanhar
Um gole de cachaça não vai me embriagar
Só que resiste
A uma dose só
Por isso traga outra pra molhar o meu gogó

Quero mais quero mais
Traz outra aí
Quero mais quero mais
Não resisti

Conhaque pra cantor
Aquece e não faz mal
Cerveja tem cevada quase natural
A roska vem com fruta
O vinha já é tradição
Cachaça cura gripe com mel e com limão

Quero mais quero mais
Traz outra aí
Quero mais quero mais
Não resisti

Se você pensa que cachaça é agua
Cachaça não é agua não
Cachaça vai te deixar maluco
Cachaça vai te deixar doidão

Send Translation Add to playlist Size Tab Print Correct