Eu sei que o mundo vai me condenar
E censurar o meu modo de amar
Os moralistas vão me criticar
E que jamais fariam o que eu fiz

Se me condenam é por que não sentem
Todo o prazer que no amor eu sinto
Quem faz amor do primeiro ao quinto
Não há mulher que não seja feliz

Vou te amar querida
Como nesta vida nunca foi amada
Acabar com suas noites mal sonhadas
E vou dar um fim na dor que te consome
Em nosso quarto
Faremos de tudo entre quatro paredes
Tu serás a água que mata minha sede
E eu serei o pão pra matar sua fome

Send Translation Add to playlist Size Tab Print Correct