Eu não gosto quando riem
Nem gosto de ouvir cantar
É horrível ver-vos sempre a dançar

Mas porque é que são tão lindas
E eu estou cada vez mais feia?
Talvez por seres uma bruxa com cara de centopeia

Refrão:
Sou uma beleza rara
Olha bem para essa cara

Espelho meu, espelho meu, mas que bela que sou eu
O meu espelho, meus espelhinho, cara linda tu quem és?

Tu não deves é ver nada e ao ser bruxa podes crer
Que essa cara de malvada ... é a que mereces ter!

Sempre malvada serás
Malvada, malvada

Vão ver que a minha vingança, vai ser pior que torturas
Não há doces vocês vão viver às escuras
E ao ter-vos dominadas vão ver que eu sou uma fera
És tão feia e tão malvada, não sabes o que te espera

Refrão:
Sou uma beleza rara
Olha bem para essa cara

Espelho meu, espelho meu, mas que bela que sou eu
O meu espelho, meus espelhinho, cara linda tu quem és?

Tu não deves é ver nada e ao ser bruxa podes crer
Que essa cara de malvada ... é a que mereces ter!


Espelho meu, espelho meu, mas que bela que sou eu
O meu espelho, meus espelhinho, cara linda tu quem és?

Tu não deves é ver nada e ao ser bruxa podes crer
Que essa cara de malvada ... é a que mereces ter!

Send Translation Add to playlist Size Tab Print Correct