Acalanto

views 38

Pulsa dentro, aqui no ventre
o meu rebento que eu nunca tive

vive preso ao meu desejo
de concebê-lo tão calmo e livre

Sonho enquanto eu canto esse acalanto
que o faz ninar

durma que está escuro
não tá seguro pra se acordar

Tenho pressa que o mundo mude de atitude
pra recebê-lo

por enquanto arrumo o quarto
adio o parto pra protegê-lo