vistas 11

As vezes alguém julga sem te conhecer
Não sabe do cuidado de Deus com você
Desconhece as marcas do caminho
Que te trouxe até aqui

Pensa que é feito de ilusão
O que construiu com oração
Eles querem apagar
Mas o teu Deus, não deixa, não

Tua história Deus escreveu
Com tinta de sangue Ele selou
As raízes que sustentam sua fé
Foram regadas pelas vezes que chorou
O vento forte pode soprar
Mas você plantado está
Em terra firme que é o coração do meu Deus

Ninguém destrói um escolhido
Ninguém abate um ungido
A prova vem e volta, pelo mesmo caminho que chegou

Ninguém destrói um escolhido
É Deus que guarda o seu ungido
Sua mão é a fortaleza
É escudo que guarda o fiel

Deus é meu refúgio e fortaleza
Socorro bem presente na hora da angustia
Ainda que os montes se estremeçam
E os mares rujam

Ao rio cujas as correntes alegram a cidade de Deus
Deus está no meio dela, não se abalará
Ele ajudara a romper da manhã
Aquietai-vos e sabei que Ele é Deus

Ninguém destrói um escolhido
Ninguém abate um ungido
A prova vem e volta pelo mesmo caminho que chegou

Ninguém destrói um escolhido
É Deus que guarda o seu ungido
Sua mão é a fortaleza
É escudo que guarda o fiel

Sua mão é a fortaleza
É escudo que guarda o fiel