Andei sozinha, cheia de mágoas
Pelas estradas de caminhos sem fim
Tão sem ninguém que pensei
Até em morrer, em morrer

Mas vendo sempre que a minha sombra
Ia ficando cada instante mas só
Muito mais só, sempre a caminhar
Para não mais voltar, eu quis morrer

Então eu via que eu não morria
Eu só queria morrer de muito amor por ti

E hoje eu volto na mesma estrada
Com esperança infinita no olhar
Para entregar todo um coração que o amor
Escolheu para morrer, morrer de amor

Send Translation Add to playlist Size Tab Print Correct
Written by: Luvercy Fiorini / Oscar Castro Neves. Isn't this right? Let us know.
Sent by Ícaro. Subtitled by Yuri. Revised by 3 people . Did you see an error? Send us your revision.