Hino da Vitória

Michely Manuely

reproducciones 4.530

Hino da Vitória

Quem é o homem que teve o poder
De andar sobre o mar
Quem é ele que pode fazer o mar se calar
No momento em que a tempestade vier te afogar
Ele vem com toda autoridade e manda acalmar

Quem é homem que teve o poder de fazer israel
Caminhar por entre as águas do mar vermelho
Fez caminho no meio do mar
Para o povo de israel passar
Do outro lado com os pés enxutos
Puderam cantar o hino da vitória

Quando estiver frente ao mar
E não puder atravessar
Chame este homem com fé
Só ele abre o mar
Não tenha medo irmão
Se atrás vem faraó
Deus vai te atravessar
E você vai entoar o hino da vitória

Toda vez que o mar vermelho tiver que passar
Chame logo este homem para te ajudar
É nas horas mais difíceis que ele mais te vê
Pode chamar este homem que ele tem poder
Se passares pelo fogo, não vai te queimar
Se nas águas tu passares, não vão te afogar
Faça como israel que o mar atravessou
E no nome do senhor um hino de vitória
Do outro lado cantou

Humilhativo

Eu sou o concreto leproso
Repulsa doentia personificada
Mas ouça o sermão que evita a minha boca canhalha
você poderia até ficar comigo na sujeira
Eu estou embebido na subida de detritos pútrida de palavras vazias
Pra você uma legião de náusea
Sou os seus pecados, sou sua coroa de espinhos
Eu vejo o sangue de gerações, a boca voraz chamada sistema
Somos todos moldados por mãos vulgares
O espasmo de ódio e mentiras
O sustento para as nossas belicosas maneiras
Uma ignorância quase justificada
como a fenda da fração de humanidadecresce
O crânio da vida lobotomizado
Ouça me, eu sou a ignomínia, não há renasceça na hemorragia não!
Eu voei em um milhão de mentes, negro no desespero
Os líquidos de saliva de incerteza nos seus olhos
Nossa carne embutida em balcões de iniqüidade
faz com que pareça que nós somos todos apenas mercadoria
Nenhuma palavra, nos adaptamos em nosso silêncio paralizado
para mudanças que apagam as últimas linhas negativas
Atitudes crucificaram, entretanto estamos seguindo
rastejando em direção ao suicídio submisso.