Alô,
Volto a telefonar
E não vá desligar!
Alô,
Pela última vez, te procuro,
Nunca mais telefono,
eu juro,
Essa é a última vez!

Alô,
Eu preciso te ouvir,
Pra poder resistir.
Alô,
Outra noite sem sono,
E se eu não telefono,
Não respondo por mim.

Se eu estou ligando agora,
Se passa da hora,
São desejos meus,
Arranhar seu corpo inteiro
E cobrir seu corpo
Com os beijos seus.

Vivo tantas fantasias,
Nas noites vazias,
Sem você em mim!
Eu até sinto vergonha
Do lençol, da fronha,
Do meu corpo assim.

Alô,
Responda por favor,
E me chame de amor.
Alô,
Sinto até sua respiração
E as batidas do seu coração,
Falta ouvir sua voz.

Alô,
Eu já vou desligar,
Mas, se de mim precisar
É só telefonar...

Se eu estou ligando agora,
Se passa da hora,
São desejos meus.
Arranhar seu corpo inteiro
E cobrir meu corpo,
Com os beijos seus.

Vivo tantas fantasias,
Nas noites vazias,
Sem você em mim!
Eu até sinto vergonha
Do lençol, da fronha,
Do meu corpo assim.

Alô,
Eu já vou desligar,
Mas, se de mim precisar
É só telefonar...

Send Translation Add to playlist Size Tab Print Correct