Na boa,
Você não tem direito de falar nada,
Não tem direito de pedir nada,
O que me fez a ninguém se faz...

Não tem moral para me cobrar nada,
Chega de tanta conversa fiada,
Ver se não liga me deixa em paz!

E ao desligar o telefone,
Vou te pedir não faça nada,
Nem pense em vir na minha casa,
Já avisei na portaria que
Não pode entrar.

Não adiantam presente,
Nem as suas chantagens,
Inteligentes,
Não colam mais!

Chega de guerra,
Agora eu quero paz...

Vou fazer minhas
Coisas e tentar ser feliz,
Na escola da vida
Ainda sou aprendiz,
Vou caindo,
Levantando,
Vou vivendo...

E depois lá na frente
Quando tudo passar,
Vou olhar para atras
E poder me orgulhar.
De uma fase,
Importante,
Resolvida...

Send Translation Add to playlist Size Tab Print Correct
Written by: Gustavo Lins. Isn't this right? Let us know.
Sent by Thiago. Subtitled by Jonas. Revised by 2 people . Did you see an error? Send us your revision.