Camisa Verde e Branco - Samba-Enredo 2017

Samba-enredo

vistas 49

Vou navegar - eu vou eu vou
Vem nesse mar de amor, amor
Sou Barra Funda
Sou samba no pé
Gira baiana, seu gingado tem axé

Orgulhosamente a Verde e Branco vai passar
Abram alas que a minha história eu vou contar
Sou o Almirante Negro, um bravo Feiticeiro
O Grande Dragão do Mar
Não é ilusão o que vocês viram

A Marinha tinha preconceitos e injustiças
E nos Pampas minha infância foi trocada
Por batalhas imortais, me revoltando
No Navio Minas Gerais

Na batida do tambor ô ô ô
O lamento se escondia la laia
E na chibata do senhor
O movimento de revolta se expandia

Assim, o tal Catete enganava
O mundo inteiro com a anistia aclamada
Na Ilha das Cobras a vingança foi voraz
Ignoraram a bandeira da paz
E o sofrimento rumo à Amazônia

Selava destinos, fim da vida ou escravidão
Glória ao nosso povo brasileiro
Meu sonho hoje é verdadeiro
Sou Mestre-sala, João Cândido, o guerreiro