Maria sente quando tô contente
Eu arreganho os dentes
Como quem vai gargalhar
Maria sente quando tô contente
Eu arreganho os dentes
Como quem vai gargalhar

E falo alto, e danço, e viro bailarino
E não me perco do menino
Que eles teimam me roubar
Pois eles temem nosso sonho vagabundo
A força do submundo
E do poder popular

Maria sente quando tô contente
Maria sente
Sente quando tô contente
Maria sente quando tô contente
Maria sente
Sente quando tô contente

E viva o morro, a voz do povo, a rebeldia
John Lennon, Melodia, Charles Chaplin, Calabar
O Tiradentes, Frei Caneca, Virgulino
Com meu sonho de menino
Que eles teimam me roubar

E viva o morro, a voz do povo, a rebeldia
John Lennon, Melodia, Charles Chaplin, Calabar
O Tiradentes, Frei Caneca, Virgulino
Com meu sonho de menino
Que eles teimam me roubar

Maria sente quando tô contente
Maria sente
Sente quando tô contente
Maria sente quando tô contente
Maria sente
Sente quando tô contente

Maria sente quando tô contente
Eu arreganho os dentes
Como quem vai gargalhar
Maria sente quando tô contente
Eu arreganho os dentes
Como quem vai gargalhar

E falo alto, e danço, e viro bailarino
E não me perco do menino
Que eles teimam me roubar
Pois eles temem nosso sonho vagabundo
A força do submundo
E do poder popular

Maria sente quando tô contente
Maria sente
Sente quando tô contente
Maria sente quando tô contente
Maria sente
Sente quando tô contente

E viva o morro, a voz do povo, a rebeldia
John Lennon, Melodia, Charles Chaplin, Calabar
O Tiradentes, Frei Caneca, Virgulino
Com meu sonho de menino
Que eles teimam me roubar

E viva o povo, a voz do morro, a rebeldia
John Lennon, Melodia, Charles Chaplin, Calabar
O Tiradentes, Frei Caneca, Virgulino
Com meu sonho de menino
Que eles teimam me roubar

Maria sente quando tô contente
Maria sente
Sente quando tô contente
Maria sente quando tô contente
Maria sente
Sente quando tô contente

Send Translation Add to playlist Size Tab Print Correct