Todos os desejos perdidos
Esticados na areia fina
Eu te adivinhando e você vindo
Me trazendo tudo o que eu preciso

O coração macio
Tudo que é possível
Tudo é permitido
Sem grade, sem chave
Tudo o que é verdade
Todo o corpo arde
Eu não quero o medo, o alimento dos covardes

Toda essa miragem
Toda essa vaidade
Todo mundo é feito de uma alma, osso e carne
Todo mundo afoito forjando intimidade
Tudo o que é perfeito dá defeito cedo ou tarde

Send Translation Add to playlist Size Tab Print Correct