Casinha simples, lá no sertão
Lembro de um tempo, que tempo bom
Fogão de lenha, todos reunidos
Adorando a Deus, que comunião
Em cada nota, versos e prosas
Crianças correndo, com os pés no chão
Canta o sabiá, o sol se põe
Lá no sertão

Chove chuva, cai no chão
Leva pra longe, toda solidão
E trás de volta a felicidade
Que o tempo tirou de mim
Deixa me sentir, a tua gloria
Queimando aqui dentro
Do meu coração
Tempo de criança
Que adorava a Deus
Lá no sertão

Casinha simples, lá no sertão
Lembro de um tempo, que tempo bom
Fogão de lenha, todos reunidos
Adorando a Deus, que comunião
Em cada nota, versos e prosas
Crianças correndo, com os pés no chão
Canta o sabiá, o sol se põe
Lá no sertão

Chove chuva, cai no chão
Leva pra longe, toda solidão
E trás de volta a felicidade
Que o tempo tirou de mim
Deixa me sentir, a tua gloria
Queimando aqui dentro
Do meu coração
Tempo de criança
Que adorava a Deus
Lá no sertão

Tempo de criança
Que adorava a Deus

Eu tudo a Deus consagro
Em cristo, o vivo altar
Ó desce, fogo santo
Do céu vem tu selar

Lá no sertão

Send Translation Add to playlist Size Tab Print Correct