Você me fez ficar mais velha
Bem mais adulta e bem mais séria
Me fez fugir de preconceitos tão banais
Você plantou de novo aquela antiga paz

Você chegou abrindo as portas
E eu que andava em linhas tortas
Olhei e vi um horizonte bem maior
Vendo você por perto eu vivo bem melhor

Me acostumei com este vício
E me dou por querer
Amar você não cansa
Me faz até criança
E isso é muito bom você saber

Me acostumei com este vicio
E me dou por querer
Amar você não cansa
Me faz até criança
E isso é muito bom você saber

Você me deu o novo amigo
Alimentou meu sangue antigo
Modificou a minha vida e eu vivi
Recuperei a tempo tudo o que perdi

Quando você vem me mordendo
Sou sua fome, e assim sendo
Apago a luz pro abajur não nos olhar
A luz só vai voltar quando você deixar

Me acostumei com este vício
E me dou por querer
Amar você não cansa
Me faz até criança
E isso é muito bom você saber

Me acostumei com este vicio
E me dou por querer
Amar você não cansa
Me faz até criança
E isso é muito bom você saber

Send Translation Add to playlist Size Tab Print Correct
Written by: Antonio Marcos / Mário Marcos. Isn't this right? Let us know.