Imagens Poéticas de Jorge Lima (Mangueira - Samba-enredo 1975)

Angela Maria


Na epopéia triunfal
Que a literatura conquistou
Em síntese de um sonho
Que o poeta tão risonho
Assim se consagrou ô ôô

Esta é a negra Fulô
Uma obra fascinante
Que o poeta tão brilhante
O povo admirou

Jorge de Lima em Alagoas nasceu
Ouviu tudo dos antigos
O que aconteceu
Com os escravos na senzala
E no Quilombo dos Palmares

Foi um sábio que seguiu as tradições
Com seus versos poemas e canções
Boneca de pano a jóia rara
Calabar e o acendedor de lampiões
Zumbi Floriano e Padre Cícero
Lampião e o pampa é o amor

Send Translation Add to playlist Size Tab Print Correct