Não te esqueças de mim, querido meu
E foi ela afinal quem me esqueceu

Não esqueças de mim
Mesmo se um dia
Novo amor selvagem te queimar
As mãos na boca a pele com volúpia
Se o coração de leve penetrar
Não te esqueças de mim, ai não te esqueças
Do outono que te espera sem carinho
Entra sem bater, deixa na porta
Os amores que colhestes no caminho

Não te esqueças de mim querido meu
E foi ela afinal quem me esqueceu

Muito tempo depois
Triste e cansado
Voltei ao lar
Que um dia já foi meu
Abri a porta
Que as minhas mãos fecharam
Ao chamar por ti
Ninguém me respondeu
Não de esqueças de mim
Tu me dissestes
Neste quarto hoje vazio e sem calor
Onde me imploravas entre beijos
Não te esqueças pelo amor do nosso amor

Não te esqueças de mim querido meu
E foi ela afinal quem me esqueceu

Não te esqueças de mim querido meu

Send Translation Add to playlist Size Tab Print Correct