Que importa saber quem sou
Nem de onde venho
Nem pra onde vou
O que eu quero
São teus lindos olhos, moreno
Tão cheios de amor
O sol brilha no infinito
Aquece o mundo aflito

Que importa saber quem sou
Nem de onde venho
Nem pra onde vou

Tu me condenas por ser vagabundo
Mas meu destino é viver ao léu

Pois vagabundo é o próprio mundo
Que vai girando pelo azul do céu

Que importa saber quem sou
Nem de onde venho
Nem pra onde vou

O que eu quero é o teu amor
Que me dá carinho
Quer me dá calor

Tu me condenas por ser vagabundo
Mas meu destino é viver ao léu

Send Translation Add to playlist Size Tab Print Correct