Vê, la-laiá
É o tempo passando e a vida sorrindo
O povo cantando e as rosas se abrindo
A luz da alvorada fazendo voltar a ilusão de sonhar
Vê, la-laiá
Como o sonho da gente parece tão lindo
Deseja que tudo fique nos pedindo
Amor de verdade, amor pra ficar

Você não vê
Que a sua incerteza não tem consciência
Que tudo de bom vai sentir sua ausência
E sente a tristeza, razão pra chorar

Que a saudade que mata até fez um samba
O samba mais triste dos cantos de umbanda
Mas o sonho do bamba é viver pra cantar, laiá, laiá
Mas o sonho do bamba é viver pra cantar

Send Translation Add to playlist Size Tab Print Correct