Toda hora dinheiro niente no teu bolso
Mas lá fora você é pai grande

Paga que paga ê
No corpo é só grife
E os candengues chupam dedo no cubico
Quem gera, cuida ê
Quem nasce, cria ê
Mas você não pensa nisso

Já não falo por mim
Não reclamo por mim
Mas é pelos teus filhos
Se a vida me pudesse dar
Outra chance pra viver
Eu não aceitaria

Paga que paga ê
No corpo é só grife
E os candengues chupam dedo no cubico
Quem gera, cuida ê
Quem nasce, cria ê
Mas você não pensa nisso

Tua família fala muito mal de mim
Julgando que tu me dás fundos e mundos
Mas a verdade é que o teu cumbú eu não vejo
Mas lá fora todo mundo te vê

Paga que paga ê
No corpo é só grife
E os candengues chupam dedo no cubico
Quem gera, cuida ê
Quem nasce, cria ê
Mas você não pensa nisso

Já não falo por mim
Não reclamo por mim
Mas é pelos teus filhos
Se a vida me pudesse dar
Outra chance pra viver
Eu não aceitaria

Send Translation Add to playlist Size Tab Print Correct