Faz muito tempo
que eu tento me virar
E ao relento
espero minha vida vir contar
Sobre os quatro ventos
que sopraram minhas memórias
Faz muito tempo
tanto tempo

Vi meus perigos
sempre inimigos
Tornando vivas
as minhas fortes ilusões
Junto contigo
vindo muito frio
Te congelei
e não esquecerei...

...que eu
me coloco em suas memórias
Que eu
faço o tempo minha estória

Viajo tão distante
me perco de vista
Chego a beber fontes vivas
buscando calmaria
Canso ao parar
mas parado não descanso
Ao ver o outro lado
eu respondo porque sei...

Send Translation Add to playlist Size Tab Print Correct