Eu tô em casa e você bate na minha porta
Se quiser bater uma aposta
Tô te vendo encostada no portão

E você já tá querendo me encher
Dizendo que eu não fui te ver
E vem chegando já pagando sugestão

Fico puto se no centro da cidade
Eu saio da faculdade
e você esparramada no colchão

Eu não sei se tô podendo te aguentar
Você sentada no sofá
E me dizendo o que eu posso fazer ou não


REFRÃO
E Você
Responde na minha frente
E assim tão derrepente

Pra dizer
Antes do meu sim ou não
Que é pra eu dar minha opnião
E ela é não!!!


Você vive aumentando a despeza
Quer que eu pare com a cerveja
Que o cigarro vai matar meu coração

E que eu não tô te dando mais valor
Me transformando num robô
E eu querendo me mudar pro Quirguistão

Quero um dia que você perca esse vício
Procurar algum vestígio
Cheira a gola e a manga do blusão

Meus amigos dizem "Larga esse Osso"
Essa coleira no pescoço
Tá prendendo a minha respiração

Send Translation Add to playlist Size Tab Print Correct