Vou seguindo meu caminho
Desviando dessas pedras e espinhos
Em constante sofrimento
A alegria não aflora mais em mim

O meu único consolo
É ter a lua como amiga em noites frias
E o sol, fonte de vida que me aquece
Onde esqueço a solidão

Vem a noite, me envolvendo em braço escuro
Te procuro
Alivia a minha dor
Acredito, é o amor

E é tamanho, o amor assim já é demais
Me deparo frente a frente em seu olhar
Que demonstra feito louca em não me ver
Nada mais que a indiferença

E ao cair a noite, vem, e o sonho vai
Quando vem o sono, traz o amanhecer
Eu acordo ao ver morrer a ilusão
Lágrimas rolando já sem direção

Alivia a minha dor
Acredito, é o amor

Vem a noite, me envolvendo em braço escuro
Te procuro
Alivia a minha dor
Acredito, é o amor

E é tamanho, o amor assim já é demais
Me deparo frente a frente em seu olhar
Que demonstra feito louca em não me ver
Nada mais que a indiferença

E ao cair a noite, vem, e o sonho vai
Quando vem o sono, traz o amanhecer
E eu acordo ao ver morrer a ilusão
Lágrimas rolando já sem direção

Alivia a minha dor
Acredito, é o amor

Send Translation Add to playlist Size Tab Print Correct