Carta Ao Leitor

Blind Pigs


Caminhando aprisionado aos sonhos parcelados
Mas não há saída, só seu falso modo
Descartar com um piscar de embargos
Culto ao seu sadismo barato
Que nos fere a consciência

Me diz qual é a solução
Me diz qual é a solução
Me diz qual é a solução
Sendo cultivados em pastos verdes envenenados

Caminhando aprisionado aos sonhos parcelados
Mas não há saída, só seu falso modo
Ao gestor de jornalistas que transmitem o medo
Promovendo e repetindo a maldição

Me diz qual é a solução
Me diz qual é a solução
Me diz qual é a solução
Sendo cultivados em pastos verdes envenenados
Em verdes pastos envenenados

Me diz qual é a solução
Me diz qual é a solução
Me diz qual é a solução
Sendo cultivados em pastos verdes envenenados
Em verdes pastos envenenados

Submit Translation Add to playlist Size Tab Print Correct