Sempre que um bloco sai
Nas ruas desta cidade
Cantando canções tão imortais
E as ilusões dos carnavais
Há sempre uma presença dos versos de edgard moraes

Poeta, teu sonho vive
Na boca de tanta gente
Quem canta-os alegremente
Esquece a dor e pensa só em ser feliz

Send Translation Add to playlist Size Tab Print Correct