Então...
Tudo que ficou pra trás,
Que eu pensava nunca mais,
Volta a me assombrar

E eu sem saber,
Que ainda era capaz
De me abalar
De me tocar...

Me diz porque tanta tormenta,
Se nada disso vai mudar
Se me esconder pra te esquecer,
Não vai adiantar!

O que tiver que ser será,
Seja onde for, em algum lugar.
Se for pra gente se encontrar,
Eu te espero na certeza

Então me diz porque fingir que não
Tanta saudade em vão,
Só de olhar se vê que tem vontade

Se resistir pode acabar sem par,
E se quiser voltar
Vai ser tarde pra se arrepender

Me diz porque tanta tormenta,
Se nada disso vai mudar.
Se me esconder pra te esquecer
Não vai adiantar

O que tiver que ser, será
Seja onde for em algum lugar
Se for pra gente se encontrar
Eu te espero na certeza

O que tiver que ser, será
Seja onde for em algum lugar
Se for pra gente se encontrar
Eu te espero na certeza

Como nos livros de princesa,
Onde as estórias nunca morrem
Se me esconder pra te esquecer...
Não vai adiantar!

O que tiver que ser, será
Seja onde for em algum lugar
Se for pra gente se encontrar
Eu te espero na certeza

O que tiver que ser, será
Seja onde for em algum lugar
Se for pra gente se encontrar
Eu te espero na certeza

O que tiver que ser, será
Seja onde for em algum lugar
Se for pra gente se encontrar
Eu te espero na certeza

Send Translation Add to playlist Size Tab Print Correct