Senhora da Nazaré

Carminho

vistas 740

Senhora da Nazaré, rogai por mim,
Também sou um pescador que anda no mar.
Ao largo da vida aproei nas vagas sem fim,
Vi o meu barquito de sonhos sempre a naufragar.
As minhas redes lancei com confiança,
Colhi só desilusões num mar ruim.
Perdi o leme da esperança,
Eu não sei remar assim.
Senhora da Nazaré, rogai por mim.