views 10.484

Alvorada

Cartola


Alvorada lá no morro
Que beleza
Ninguém chora
Não há tristeza
Ninguém sente dissabor
O sol colorindo é tão lindo
É tão lindo
E a natureza sorrindo
Tingindo, tingindo

A alvorada

Você também me lembra a alvorada
Quando chega iluminando
Meus caminhos tão sem vida
E o que me resta é bem pouco
Ou quase nada, do que ir assim, vagando
Numa estrada perdida

Submit Translation Add to playlist Size Tab Print Correct
Written by: Carlos Cachaça / Cartola / Hermínio De Carvalho. Isn't this right? Let us know.
Sent by Renato. Subtitled by Fabio. Revised by 5 people . Did you see an error? Send us your revision.