views 231

Hino da Repressão

Chico Buarque


Se atiras mendigos no imundo xadrez
Com teus inimigos, e amigos, talvez
A lei tem motivos pra te confinar
Nas grades do teu próprio lar!

Se no teu distrito tem farta sessão
De afogamento, chicote, garrote e punção
A lei tem caprichos, o que hoje é banal
Um dia vai dar no jornal!

Se manchas as praças com teus esquadrões
Sangrando ativistas, cambistas, turistas, peões
A lei abre os olhos, a lei tem pudor
E espeta o seu próprio inspetor!

E se definitivamente a sociedade
Só te tem desprezo e horror
E mesmo nas galeras és nocivo
És um estorvo, és um tumor
Que Deus te proteja, és preso comum
Na cela faltava esse um!

Submit Translation Add to playlist Size Tab Print Correct
Written by: Chico Buarque. Isn't this right? Let us know.