estive pensando em você
uma foto junto a uma fonte
congelada pela câmara
água de beber camará
a roupa leve
lembrança de neve
gelo seco no sertão

saharienne saharienne saharienne

daqui de onde estou
diante da televisão sem som
posso ouvir e ouço o alarido
surdo dos curdos
sinto cheiro de carne humana assada

a morte assídua promíscua conspícua
e tão pouco asseada

saharienne saharienne saharienne

saravá sarah vaughan
quem te escravisaurou
o que fez a beirute fez ao rio
a teia de aranha midi
me dá conforto e arrepio

o carneiro sacrificado morre
o amor morre
só a arte não

saharienne saharienne saharienne

Send Translation Add to playlist Size Tab Print Correct