Sempre, sempre suicido
meu orgulho pessoal
Por que a gente nunca sabe
Se sabemos pra valer.
Quando pego o trem subúrbio
Caio dentro do real
Cada um é um universo
Face a face com você!

SOMOS VIVOS
MAS NASCEMOS SEMPRE QUE ERRAMOS.
ATÉ QUANDO
VAMOS ESCONDER OS NOSSOS BRAÇOS?

Sinto que não temos tempo
Aumentou a pulsação
Dê uma olhada para cima
Dê uma olhada pra você.
Quando pego o trem subúrbio
Caio dentro do real
Cada um é um universo
Face a face com você!

Send Translation Add to playlist Size Tab Print Correct