União de Vicente ao Vigário
Amarelinho e o Morro do Galo
Morro do Engenho, Rocinha e Borel
Vila Aliança e Chácara do Céu

Eu não sei por que tanta contradição
As galeras vem pro baile arrumar confusão
Me escute, meu amigo, preste atenção
Tem milhares de gatinhas no meio do salão

Não arrume confusão
Não, não vale a pena, não
Irmãos, parem com isso
Irmãos, parem com isso
E violência não

Temos que unir nossas forças no lado bom
Para ouvir nossas vozes cantando no mesmo tom
Sem violência e com muita empolgação
Para alcançar a paz dentro do salão

Como é lindo ver que o mundo não é só de maldade
Que ainda existe amor e amizade
Eu canto este rap e tento oferecer
Um gesto de amizade feito pra você

Faça a fraternidade, não arrume confusão
Curta o baile numa boa, amigo sangue bom
Aqui quem fala é o Danda, não gosto de confusão
E eu peço, massa funkeira, violência não

Não arrume confusão
Não, não vale a pena, não
Irmãos, parem com isso
Irmãos, parem com isso
E violência

Pra que brigar se o futuro é só amar?
Massa funkeira, ponha a cabeça no lugar
Pra que brigar se o futuro é só amar?
Massa funkeira, ponha a cabeça no lugar

União de Vicente ao Vigário
Amarelinho e o Morro do Galo
Morro do Engenho, Rocinha e Borel
Vila Aliança e Chácara do Céu

Eu não sei por que tanta contradição
As galeras vem pro baile arrumar confusão
Me escute, meu amigo, preste atenção
Tem milhares de gatinhas no meio do salão

Não arrume confusão
Não, não vale a pena, não
Irmãos, parem com isso
Irmãos, parem com isso
E violência não

Send Translation Add to playlist Size Tab Print Correct