Duas da madrugada, agora a graça é te ver
Dormir pelada, tento imaginar
Minha cama vazia

Sem cada traço das suas linhas, meu bem
Até roubei sua rima, meu bem
Cê gosta de ficar por cima que eu sei
Quero sua pele na minha

Vê como eu me perco
Se eu lembro do seu beijo, para
E eu desço pro seu queixo
Sabe onde isso para

Eu gosto quando cê fala
“Não para”
O jeito que cê faz
Eu fico de cara
O jeito que cê faz, o jeito que cê faz

Cê tira onda com seu beijo café
Sem açúcar, mas não deixa de ser doce
Nem mel, que gruda na boca
Me deixa sem roupa, me deixa de boa
Me deixa

Me deixa secar você
Te deixo me ter
Te deixo, me deixa

Send Translation Add to playlist Size Tab Print Correct