O que despertou tão gigante insegurança?
Tão preguiçosa busca por informação
O que transformou o que era sede por mudança?
Nesse discurso sobre Deus e tradição?
Perdão por me prender nesse assunto
Mas é um choque você não recordar
O quão de ponta-cabeça era o mundo
O grito mudo de quem quis discordar
Com sua permissão me censuro
Ou se quiser posso sumir e não voltar
Siga em frente com seu conservadorismo
E ponha a ordem necessária a este lugar

Manter a tradição da exploração
Sua família é a eleita!
Foi de oposição a imposição
Como um direto de direita!
Deixe os gritos nas ruas e não no porão!

Incorporou o ativista do estado
E agora chama o golpe de revolução
Copiou, colou essa imagem do passado
Deletando todo o sangue pelo chão
Repetindo com a mesma arrogância
Mandamentos feitos pra te dominar
Entregando seu voto de confiança
Para aquele que vai te crucificar

Progressistas retrógrados e seus fieis eleitores
Dando direitos a humanos, não a pecadores

Livrai-nos desse mal
Dessa falsa moral
Livrai nos desse mal!

Manter a tradição da exploração
Sua família é a eleita!
Foi de oposição a imposição
Como um direto de direita!
Deixe os gritos nas ruas e não no porão!

Poder para o poder
Crescer, enriquecer
Escolher não escolher
Livre para obedecer!

Livrai nos desse mal
Dessa falsa moral!
Livrai nos desse mal!

Send Translation Add to playlist Size Tab Print Correct