vistas 341

O Grande Eu Sou

Débora Miranda


Eu sou o grande deus que fechou a boca
Dos leões na cova de Daniel
E ao gigante derrotei com a pedrada
Que mandei Davi atirar.
Eu estava na fornalha
E lá dentro eu caminhava
Com os três jovens judeus.
Pois eu era o quarto homem
Que o fogo não consome
Sou o mesmo Deus.

Eu abro portas onde não há portas
Abro caminho no meio do mar.
Se as ondas vêm, acalmo a tempestade
E sobre as águas, te faço andar.
Se o vento contra a ti se enfurecer.
Estando a mão e o faço parar!

Eu sou o Deus de Elias
De Isaque e Jacó
Te guardo noite e dia
Não te deixarei só.
Pois quem em mim confia,
Tem sempre ao seu redor
Os meus anjos guerreiros.