Que injustica as portas do ceu nao se abrirem pra mim,
Indiferente eu sei o que foi que sobrou de mim.
Eu acho tudo tao errado,pois no inicio nao se vivia assim,
Eu sou o resto de ignorancia, o meu passado foi quem me libertou,
Fui eu quem decidi o meu destino,pulei do decimo andar e s
Em olha pra tras eu percebi que haviam vultos atras de mim
E sem olhar pra tras eu percebi que eles estavam a me procurar

Refrão
Cortaram minhas asas(minhas asas negras) a flor de cerejeira ja caiu,cortaram minhas asas (minhas asas negras)a causa efeito no funcionou em mim.

Fui eu quem decidi o meu destino,fui eu quem decidi pular
E sem olhar pra tras eu percebi que haviam vultos atras de mim
E sem olhar pra tras eu percebi que eles estavam a me procurar.
Fui eu quem decidi

Refrão
Cortaram minhas asas(minhas asas negras) a flor de cerejeira ja caiu,cortaram minhas asas (minhas asas negras)a causa efeito no funcionou em mim.

Send Translation Add to playlist Size Tab Print Correct