Aumenta o som do carro sangue bom sente o clima
Tem uma pá de olho gordo telando na esquina
Fazer o que se atitude e pra poucos e a inveja deixa
Os bico louco.
Aumenta o som do carro sangue bom sente o clima
Tem uma pá de olho gordo telando na esquina
Fazer o que se atitude e pra poucos e a inveja deixa
Os bico louco.

Dentro do carro estou curtindo um rap eu vou
Mais um maluco com atitude é assim que sou
Lembro que alguém falou mais eu não dei valor
Disse que o som é de bandido a ideia não constou
Trilha sonora que ecoa nas periferias me contagia
No meio dessa guerra fria traz alegria pros irmãos
Que se identifica com a verdade que não vende
Jornais revistas e que o sistema colhe a flor nos
Deixa os espinhos não é tão fácil prosseguir irmão
Nesse caminho entre o céu e o inferno e um destino
Eficaz fica difícil escrever uma letra de paz mudar de assunto
Sei lá quem me entende um sofredor nato mais com
Rimas conscientes considerado por alguns criticado por outros
Pois sempre falo o que penso não uso esboço
Fazer o que se foi assim que a vida me ensinou sempre correr
Pelo certo obrigado senhor eu sei que nada cai do céu você sabe
Que a inveja é um sentimento cruel e covarde.

Aumenta o som do carro sangue bom sente o clima
Tem uma pá de olho gordo telando na esquina
Fazer o que se atitude e pra poucos e a inveja deixa
Os bico louco.
Aumenta o som do carro sangue bom sente o clima
Tem uma pá de olho gordo telando na esquina
Fazer o que se atitude e pra poucos e a inveja deixa
Os bico louco.

Eu tô de boa no pião na quebrada
Quem me conhece tá ligado sem medo de nada
Moleque louco de responsa no volante
No rádio um reb destaca no alto falante
A todo instante os bico cresce os oí em nós
Fica telando me medindo abaixa os farois
Pois o respeito não se ganha se conquista
Meu carro voa baixo sangue bom a um palmo da pista
E madrugada na favela muita gente dorme enquanto
Os manos se adiantam fazendo os corres a playboyzada
Se acaba é fonte de renda mais eu não quero isso
Pra mim tá fora do esquema tudo que eu tenho é fruto do
Meu trabalho dinheiro que vem fácil vai fácil e deixa o
Estrago dignidade não tem preço aprendi no berço
Pois a favela me ensinou quanto vale um preto mais uma
Pá de olho gordo me acha suspeito só por andar no estilo
Com os manos do gueto eu sei que nada cai do céu você sabe
Que a inveja é um sentimento cruel e covarde.

Aumenta o som do carro sangue bom sente o clima
Tem uma pá de olho gordo telando na esquina
Fazer o que se atitude e pra poucos e a inveja deixa
Os bico louco.
Aumenta o som do carro sangue bom sente o clima
Tem uma pá de olho gordo telando na esquina
Fazer o que se atitude e pra poucos e a inveja deixa
Os bico louco.

Os bico tá telando é
Os bico tá telando é
Os bico tá telando é
Os bico tá telando é

Send Translation Add to playlist Size Tab Print Correct