Baby
Eu quero encaixar
Meus sonhos
Na ponta do lápis
Do abandono

Escrevo em tua pele
Eu sou baco
Puxa-me pra perto
Dos seus lábios

Baby
Eu quero encaixar
Meus sonhos
Na ponta do lápis
Do abandono

Escrevo em tua pele
Eu sou baco
Puxa-me pra perto
Dos seus lábios

Então
Vem aqui e me mata
Embaixo da cascata
Da nossa casa de verão

Me tatue a unhadas
Morde a almofada
Te deixo vendada
Até perder a noção

Até tu ficar sem chão
Pós-lazer me faço de edredom
Pós-lazer me faço de edredom
Me faço de edredom
(Edredom)

Hey
Garrafas de uísque derramadas
Pela banheira
Sou Vinicius de Moraes
Te cultuo como meu poema

Minhas linhas
Sua nacionalidade
Você é mãe natureza

Suas curvas
Peculiaridade
Eu sou patriota
Ergo sua bandeira

Role na orla
Sinto-me Ipanema
Janeiro a janeiro
Você é problema

É o destino
Não coincidência

Mas sem sacanagem
Essa boca só pode ser
Brincadeira (hey, hey)

Send Translation Add to playlist Size Tab Print Correct