Tem uma espécie que habita o planeta, que não sabe bem o que quer
E essa espécie que habita o planeta, vive tentando entender
São todos loucos e criticam os loucos; Não se cansam de se preocupar com os outros
Hoje se amam amanha se odeiam, e ainda assim se dizem companheiros


Como é que você se sente, sendo o maior defeito
Nesse mundo quase perfeito, nos somos seres humanos


Mais uma coisa ninguém pode negar, sabemos muito bem nos adaptar
Destruímos as matas, destruímos as raças, para ali se implantar
Seja no frio dos pólos, ou no calor do deserto
Onde há um pedaço de terra há sempre um homem por perto
Somos um vírus que invadiu a terra, somos a praga que invadiu o planeta


Como é que você se sente, sendo o maior defeito
Nesse mundo quase perfeito, nos somos seres humanos

Send Translation Add to playlist Size Tab Print Correct