Chorar, como eu chorava
Ninguém pode chorar
Amar, como eu amava
Ninguém deve amar.

Chorava que dava pena,
Por amor a Madalena
Mas ela, me abandonou
E assim murchou em meu jardim
Essa linda flor.

E Madalena foi
Como um anjo salvador
Que eu adorava com fé.
Um barco sem timão
Perdido em alto mar,
Sou Madalena
Sem ti amor.