Acordo cedo para trabalhar e chego cedo todo dia lá,

Não falto nunca que é pra não deixar os homens terem
do que reclamar.

Um dia desses, o chefe do setor, que sempre teme algum
veneno pra jogar,

Jogou na cara do supervisor que o patrão falou que tá
sem grana pra pagar.


Vai lá.

Se quiser falar com ele, vai lá.

Vai lá.

Vai buscar seu dinheiro, vai lá.

Vai lá.


É nessa grana que eu vou.

O português disse que não deu e que a prefeitura ainda
não depositou.

E agora lá em casa, como é que vai ser? Botei o meu
moleque pra fazer judô.

O japonês disse que não tem filosofia zen se não tiver
din-din.

O senhorio não quer nem saber, vem buscar o dele
quando mês chegar ao fim.


Quer din-din, quer din-din. Quer din-din don-don.

Ah, din-din!

Que falta que me faz, eu corro tanto atrás, mas ele
nunca vem pra mim.

Ah, don-don!

Segura mais um mês, que agora eu vou cantar um
samba-rock que é bom.

Send Translation Add to playlist Size Tab Print Correct