Era só mais uma sexta-feira de chuva
A cidade adormecida, pouca gente em pé
Só mais uma sexta-feira como qualquer outra
Só mais uma sexta-feira como outra qualquer
Era uma noite de festa, noite fria
E ele logo deu um jeito de ir pra lá
O volume competindo com silêncio da rua vazia
A esperança em se perder pra se encontrar

O medo se vai
E a chuva cai
Molhando tudo o que ele imaginava
E tudo o que ele esperava
De uma noite que não ia acabar nunca mais

Entre os certos e os errados, sintonia
Ela apareceu mudando tudo então
E de um jeito que ninguém ali sabia
Tudo em volta escurecendo na ilusão

O medo se vai
E a chuva cai
Molhando tudo o que ele imaginava
E tudo o que ele esperava
De uma noite que não ia acabar nunca mais

Uma flor azul
Sentimento
Que não cabe em um só
Sentimento azul
Um momento
E mais nada ao redor

O medo se vai
E a chuva cai
Molhando tudo o que ele imaginava
E tudo o que ele esperava
De uma noite que não ia acabar nunca mais

Send Translation Add to playlist Size Tab Print Correct