views 18

Raimunda

Forrobodó


muie veia eu vo funga no teu cangote
que e pra mode se ve
os piolho se alvorota
tu vai senti um cheirinho de brilhantina
gracheira com creolina e nos bamo se acomoda
eu aprecio esse teu cheiro de pelego
bafo de mondongo azedo e hoje eu vou te arreganha

refrao...
quadra o corpo, muie veia, e vem de lado
eu ja estou pegando fogo e vou posa no teu costado
nao interessa que te chamem de raimunda
pois tu e feia de cara, mas um colosso de bunda

teu cabelo, igualzinho paia de milho
com prefume de zorrilho
atadito com cipo
crava as munheca nessa cintura de ovo
com faro de cusco novo nas tuas ancas de soco
mexo e me viro com jeito de taturana
e a cobrita mucurana procurando o bororo

Submit Translation Add to playlist Size Tab Print Correct