Photo of the artist Fresno

O Arrocha Mais Triste do Mundo

Fresno


O medo se apresenta de tal maneira
E logo toma conta da casa inteira
Me deixa inseguro, sem ver futuro
Um surto ansioso, tão prematuro

A sombra me encurrala, tão distraído
Um abraço do escuro, desconhecido
E logo reconheço que eu mereço
Cheguei onde cheguei, esse é o preço

Já faz parte de mim
Sou desde sempre assim
Você não será
A primeira a tentar me mudar
E falhar

Só vai ser outra vez dentre um milhão
De vezes que o mundo me disse não
Que eu senti inveja, me rebaixei
Que eu me senti um merda, que eu chorei
Que eu não disse nada, ninguém escuta
Que eu engoli a seco, filha da puta
Eu grito alto que você vai pagar
Mas quem é que eu tô tentando enganar

Já faz parte de mim
Sou desde sempre assim
Você não será
A primeira a tentar me mudar
E falhar

Já faz parte de mim
Sou desde sempre assim
Você não será
A primeira a tentar me mudar
E falhar

Send Translation Add to playlist Size Tab Print Correct