views 125

Amo a flor e a substância desse amor
É o néctar que me embriagou
Bem-me-quer, malmequer até joguei
E o resultado final eu ganhei

Se ela tiver que me deixar eu não sei
Beijo a flor, teu perfume me faz tanto bem
A malícia e o olhar que ela tem
Meu universo astral é etéreo zen

Estrela, deusa, ser fatal, furta-cor
Reverso meu, luz natural
Doce amor

Meu vinho, meu licor
Projeto de vaidades
As consequências desse amor
Me dão a noção de liberdade

A flor é uma mulher
Sem luxo e sem maldades
Meus Deus conserve a flor
Vou levando, vou lhe amando

Fazendo o que ela quer
Se eu me flagrar chorando
Seja o que Deus quiser

Submit Translation Add to playlist Size Tab Print Correct
Written by: Bandeira Brasil / Cleber Augusto. Isn't this right? Let us know.
Sent by Walter. Revised by 3 people . Did you see an error? Send us your revision.